Movimento maker: como um novo método de ensino pode mudar os rumos da educação

Movimento maker: como um novo método de ensino pode mudar os rumos da educação

Fonte: https://exame.abril.com.br/negocios/dino/movimento-maker-como-um-novo-metodo-de-ensino-pode-mudar-os-rumos-da-educacao/?fbclid=IwAR2RPZw0kPRKyREJEpRn3EUXqXwv2gO7mqySQu27wxJoxB53leYi5d1XyKE

Inovação para oferecer cursos cada vez melhores e que realmente façam sentido ao desenvolver habilidades necessárias para o século XXI. O Movimento Maker sugere exatamente o que o nome propõe: maker, do inglês, significa “fazer”. Dessa forma, a nova maneira de educar traz uma forma diferente de implementar o “faça você mesmo” dentro das escolas. A proposta é que os alunos aprendam enquanto criam, constroem e colocam a mão na massa.

Este novo método instiga um pensamento criativo, desenvolve habilidades ainda desconhecidas, dá autonomia ao aluno e, se aliado com bons conteúdos, pode transformar definitivamente a experiência dentro da sala de aula. O ato de fazer pode estar ligado a várias disciplinas, o que proporciona um senso de realidade maior ao aluno ao conectar conteúdos das aulas com ações do seu dia a dia.

Por meio de atividades lúdicas, coloca-se em prática atividades para formar pessoas de atitude: acreditar, planejar e persistir para conquistar. A metodologia dos cursos é centrada na condução do processo de criação de forma organizada e estratégica. As temáticas visam potencializar o aprendizado de maneira significativa, embasada no conceito de aprendizagem criativa, ao despertar o prazer em aprender.

E nesses espaços de aprendizado, tudo é pensado com detalhes para instigar um pensamento criativo e maker. O espaço físico das aulas é extremamente importante para estimular e motivar os alunos, despertando a curiosidade e criatividade, desde a disposição das mesas, cadeiras e até das ferramentas. O uso de tecnologias transformam o processo educativo em uma experiência fluida, rica e transformadora, ao dar uma utilidade real a produtos que não têm mais utilidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published.